Imagem de destaque do post Como melhorar o seu processo de conhecimento do cliente

Como melhorar o seu processo de conhecimento do cliente

Você conhece o seu cliente? Como você sabe que alguém é quem diz ser? Afinal de contas, o roubo de identidade no Brasil e em grande parte do mundo é generalizado, afetando milhões de consumidores. Para muitas entidades reguladas, como as instituições financeiras, conhecer a identidade do seu cliente é mais do que uma  — é a lei.

De acordo com um levantamento realizado pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), em 2020, foi registrado um aumento de 80% nas tentativas de fraude de identidade em instituições.

Esse aumento das tentativas de fraude está fortemente atrelado à proliferação da crise econômica e sanitária no País durante a pandemia, assim como à mudança radical do comportamento dos usuários online, que passaram a realizar cada vez mais transações de forma digital.

Segundo o estudo publicado neste ano pela Identity Fraud Study, já a nível mundial o impacto financeiro tem se multiplicado, sendo equivalente a 56 bilhões de dólares em 2020 no total de fraudes, e desse valor, foi estimado que aproximadamente 43 bilhões de dólares correspondiam apenas a golpes por fraude de identidade.

Isso deixa em evidência a enorme importância que a análise correta e eficiente de documentos de identidade possui no cenário global atual.

●     O conhecimento do cliente como solução

Diante desse problema, a solução mais eficaz para o combate às novas fraudes no mundo físico e virtual possui suas raízes na inovação tecnológica disruptiva: o processo profundo, digitalizado e automatizado de conhecimento do cliente.

●     Como conhecer seu cliente pode te ajudar a se prevenir contra fraudes

O conhecimento do cliente é um procedimento de controle obrigatório ao qual as instituições que oferecem serviços financeiros se aplicam para demonstrar a correta identificação de novos clientes com o fim de evitar riscos.

Esse processo tem um papel fundamental na eliminação dos riscos associados à lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo, corrupção, fraude, suborno e outras atividades financeiras ilegais. Os processos de controle implementados nas listas de verificação do cliente garantem que as empresas tenham as informações necessárias sobre o cliente para realizar um cadastro, por exemplo, e garantir que o nível de risco de fazer negócios com o cliente seja determinado.

As regulações de conhecimento do cliente aplicam-se a prestadores de serviços financeiros, tais como bancos, fintecs, empresas de empréstimo, empresas de transferência de dinheiro, entre outras. Os reguladores exigem que as organizações em risco financeiro sigam uma abordagem baseada no risco para prevenir os problemas decorrentes do crime organizado.

Com esse cuidado, instituições verificam a identidade do cliente antes de oferecer qualquer serviço, garantindo que aquele indivíduo não utilize a empresa como um meio para lavagem de dinheiro ou financiamento de atividades ilícitas.

As instituições financeiras estão enfrentando cada vez maiores desafios na hora de combater essas práticas e, por tanto, é imprescindível para elas atrelar seus processos de conhecimento do cliente com tecnologias inovadoras que possibilitem uma análise de documentos de identidade mais eficiente.

Hoje existem soluções automatizadas e inteligentes como a AcertPix, que buscam revolucionar o mercado, tornando o processo de validação de documentos mais ágil, preciso e seguro.

A partir de algoritmos próprios de inteligência artificial e um levantamento de mais de 3 mil regras cuidadosamente mapeadas para cada um dos estados brasileiros, a AcertPix é capaz de validar documentos como o RG ou CNH em apenas 26 segundos, melhorando consideravelmente o processo de análise de documentos dos clientes.

Achou este assunto interessante? Saiba mais. Acesse acertpix.ai e fale com a nossa equipe para mais detalhes sobre nossos serviços.